Rosemary Gobbo Duarte
Campinas / SP

 

Uma grande ilusão

 

Se for pra dizer adeus
que seja breve... sem mágoas ou ressentimentos.
Que se imponha numa atitude segura, sem hesitação.
Que essa livre escolha não venha suscitar remorsos
ou revelar futura contrição.

Se for pra dizer adeus
que seja agora, sem procrastinação...
sem receio de que mais tarde,
 as ilações dessa decisão
não tenham refletido o melhor desfecho.

A magia do tempo tem poderes inexplicáveis...
às vezes surpreendentes... como o de transformar
de repente
um ávido impulso de despedida
na criação de uma grande ilusão.

 

 

 
 
Poema publicado na "Nós & Eles "- Edição Especial - Janeiro de 2017